contato@ferrariadvocacia.com.br
(011) 95261-5516

Artigos

Aposentadoria por invalidez, tenho direito?

Para receber esse benefício previdenciário, o segurado deverá cumprir os requisitos da
Aposentadoria por Invalidez, ou seja, possuir a condição de segurado (tendo cumprido a
carência mínima de 12 contribuições ininterruptas) e também se for comprovado que o
mesmo tenha sido acometido de alguma incapacidade que o impossibilite de trabalhar. É
importante complementar que a Aposentadoria por Invalidez não poderá ocorrer se a
enfermidade que prejudicar o segurado, acontecer antes do mesmo começar a contribuir para
a previdência.

Um fato que merece ser destacado, é que se caso o aposentado por invalidez necessitar de
ajuda de terceiros para fazer suas atividades do dia a dia, como tomar banho, se vestir ou se
alimentar, o INSS pode disponibilizar um adicional de 25% sobre sua renda mensal, até mesmo
sobre o 13º salário. Para isso, o pedido de pagamento para esse acréscimo deverá ser feito
através de um formulário apresentado na agência da Previdência Social que possui o benefício.

Embora exista como requisito para a Aposentadoria por Invalidez a carência mínima, que deve
ser de 12 meses de contribuição, a legislação isenta de carência para o benefício as doenças
como tuberculose ativa, hanseníase, esclerose múltipla, cegueira, paralisia irreversível e
incapacitante, cardiopatia grave, neoplasia maligna, doença de Parkinson, contaminação por
radiação, hepatopatia grave, espondiloartrose anquilosante, estado avançado da doença de
Paget, que trata-se da osteíte deformante e AIDS, desde que na época em que o beneficiário
seja acometido pela doença, esteja contribuindo para a previdência social. Além da carência
mínima, a incapacidade é outro requisito, visto que precisa ser total e permanente para o
trabalho.

A Aposentadoria por Invalidez só é interrompida se o segurado voltar a trabalhar, falecer ou ao
recuperar a capacidade para o trabalho. Se você não sabia, a Aposentadoria por Invalidez
corresponde a 100% do valor do salário de benefício do trabalhador.
Para agendar sua perícia, o segurado deve necessariamente requerer e receber o auxílio
doença e após, solicitar a sua conversão em aposentadoria por invalidez.

No dia da perícia do INSS para ter o direito ao benefício, será necessário apresentar atestados,
laudos, exames, declarações, radiografias e mais documentos médicos que sejam importantes
para auxiliar o perito em seu diagnóstico e assim, poder obter o sucesso do seu requerimento
para o benefício. Por isso, também é essencial levar no dia atestados médicos recentes para
facilitar o diagnóstico do responsável.

Caso ainda restem sobre o Auxílio Doença e Aposentadoria por Invalidez, ou teve seu benefício
negado ou cessado, entre em contato conosco. Contamos com uma equipe especializada e
pronta para atendê-lo no que for preciso, por meio de um atendimento diferenciado e
atuando na defesa dos seus direitos clientes. Fale com a Ferrari Advocacia!